sexta-feira, 26 de junho de 2009

GoodBye Billie Jean

O Michael Jackson morreu.
Estranhamente causa uma certa dor. Quem não gostou do Michael Jackson? Quem não delirou em pequeno com os videoclips do Michael Jackson? Quem não quis dançar como ele ou até mesmo usar meia branca?
O Thriller, Beat it, Billie Jean entre outras dezenas de músicas que fazem parte da banda sonora da minha infância e da minha cultura musical.
Aqui fica um pequeno recoerdo, dos tempos em que o puto negro ainda era giro!
Pipeline

Há medida que o dia passa, a minha angústia aumenta. Dou por mim a pensar que talvez esteja a ser um pouco rídicula. Fui ao Youtube mais de 50x rever os videoclips que já de vez em quando tinha o hábito de ver. Cada um pela sua razão, tem a sua emoção. A mim, em particular, marca uma fase muito feliz da minha vida. A minha infância.

Manhãs inteiras a ouvir música em frente à TV. Graças ao stressado do meu pai que nos deixava uma cassete de video dentro do gravador para vermos aos sábados e domingos de manhã enquanto os papis dormiam descansados da noitada anterior. Estávamos proibidíssimas de fazer um FAST FORWARD [FF]. Na altura os videos e as respectivas cassetes beta eram uma cena muito à frente...não fossem as criancinhas dar-lhe cabo do brinquedo, o homem em troca de algumas horas de sono, lá deixava a mais velha carregar no ON, seguido do PLAY, mas mesmo só no PLAY! E a mais velha lá respeitava...Primeiro estavam os videoclips de música e só depois os bonecos animados, como nós diziamos. Eu um pouco mais rebelde lá implorava à minha irmã para pôr pra frente, para vermos os desenhos animados da Walt Disney, o Bugs Bunny, um pirata louco do mar e akele bicho k corria mta rápido no deserto e fazer qq coisa como nii nic, cujos nomes não me lembro. Insistia e insistia, mas já sabia k se o fizesse mtas vezes sujeitava-me a levar no foçinho em 3 tempos.

Portanto, digamos que graças ao meu querido e stressado paizinho a à minha cumpridora irmã que tenho uma cultura musical do ínicio dos anos 80 fabulosa...Bons e felizes tempos!

4 comentários:

  1. Não posso deixar de partilhar o meu espanto! Estranhamente ontem colei à TV quando vi a notícia! temos de convir que ele foi um ícone, independentemente das suas escolhas, opções e comportamentos!!
    Citando uma vez o meu avô, ao ler, arcaicamente, o seu nome na TV, soou a algo deste género:
    "MiKael jak sem som"
    RIP Mikael jak sem som!! ;)

    ResponderEliminar
  2. Minhas amigas, ontem tinha planeado fazer mil coisas à noite, mas quando interromperam a emição para dar a notícia, assim como o mundo parou eu parei, sentir esta tristeza três vezes na vida, Kurt Cobain; Princesa Diana e agora o Michael Jackson, eles de formas diferentes fizeram parte da nossa adolecência:(
    Que de formas tão diferentes nos marcaram!
    Hoje não consegui tirar o ouvido da Antena 3 e cada vez que ouço um comentário ou uma musica, fico arrepiada.
    Descansa em Paz.

    Monique La Bomba

    P.S: Apetece-me ir comprar todos os albuns dele

    ResponderEliminar
  3. Que tempos, grandes festas, casa sempre cheia.. uma vida cheia e ele nas nossas vidas!
    Foi acima de tudo diferente, independentemente de não estarmos sempre de acordo... marcou-nos a todos.. e se encontrarem terá um cumprimento e um abraço... podem querer (desculpem se nem todos perceberem)!

    Manuela

    ResponderEliminar